Francisco de Holanda: entre Michelangelo e Rafael

Rogéria Olimpio dos Santos

Resumo


Francisco de Holanda é conhecido em grande parte por sua obra Diálogos em Roma, onde são apresentadas várias questões referentes à arte e cultura italianas dos séculos XV e XVI. Por este mesmo motivo, sua figura é muitas vezes associada à de Michelangelo Buonarroti, o interlocutor mais importante dos diálogos. O interesse em encontrar o grande mestre florentino é descrito pelo próprio Francisco de Holanda como um dos objetivos de sua viagem a Roma entre os anos de 1538 e 1540. Neste artigo pretendemos apresentar algumas discussões em torno dos desenhos feitos por Francisco de Holanda durante sua viagem, relacionados à produção artística de Michelangelo e de Rafael, reunidos posteriormente naquele que ficou conhecido como Álbum das Antigualhas.


Referências


ARGAN, Giulio Carlo. História da arte como história da cidade. 5. ed. São Paulo, Martins Fontes, 2005.

______. História da arte italiana: De Michelangelo ao futurismo. Vol. 3. São Paulo, Cosac & Naify, 2003.

BERBARA, Maria. Para enganar a vista exterior: um aspecto das relações artísticas entre Itália, Portugal e os Países Baixos durante o Renascimento. Anais do 16° Encontro Nacional da Associação Nacional de Pesquisadores de Artes Plásticas: Dinâmicas Epistemológicas em Artes Visuais. 24 a 28 de setembro de 2007. Florianópolis Disponível em: http://anpap.org.br/anais/2007/2007/artigos/035.pdf. Acesso em: 01 out. 2013.

BULFINCH, Thomas. O Livro de Ouro da Mitologia: (a idade da fábula): Histórias de Deuses e Heróis. Trad. David Jardim Júnior. Rio de Janeiro, Ediouro, 2002

DACOS, Nicole. La découverte de la Domus Aurea et le formation des grotesques a la Renaissance. London, The Warburg Institute, 1969.

______. Le logge di Raffaello: maestro e bottega di fronte all’antico. Roma, Instituto Poligrafico e Zecca dello Stato, 1986.

ETTLINGER, Leopold D. & ETTLINGER, Helen S. Raphael. Oxford, Phaidon, 1987.

HOLANDA, Francisco de. Diálogos em Roma. Lisboa, Horizonte, 1984.

______. Álbum dos Desenhos das Antigualhas. Introdução e notas: Elias Tormo, Madrid, Ministério de Assuntos Exteriores, 1940.

______. Álbum dos Desenhos das Antigualhas. Introdução e notas: José da Felicidade Alves. Lisboa: Horizonte, 1989.

______. Da pintura antiga. Introdução e notas: José da Felicidade Alves. Lisboa, Horizonte, 1984.

KING, Ross. Michelangelo e o teto do papa. Rio de Janeiro, Record, 2004.

KURY, Mário da Gama. Dicionário de mitologia grega e romana. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 2008.

LOTZ, Wolfgang. Arquitetura na Itália 1500-1600. São Paulo, Cosac & Naify, 1998.

MANETTI, Antonio di Tuccio. Novela do grasso entalhador. Vida de Filippo Brunelleschi. Introdução, tradução e notas: Patrícia D. Meneses. Campinas, Editora da Unicamp, 2013.

PLINIO il vecchio. Storia delle arti antiche. Milano, Rizzoli, 2001.

RAFAEL. Cartas sobre arquitetura. Rafael e Baldassar Castiglione: arquitetura, ideologia e poder na Roma de Leão X. Org. Luciano Migliaccio. Campinas, Editora da Unicamp; São Paulo, Editora Unifesp, 2010.

VASARI, Giorgio. Le vite dei più eccellenti pittori, scultori e architetti. Edizione del 1568 edita a Firenze per i tipi della Giunti. Grandi Tascabili Economici Newton collana "I mammut" n. 4. Newton Compton Editori, 1997.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


by

Revista Diálogos Mediterrânicos
Periodicidade Semestral
Curitiba - Paraná - Brasil
ISSN 2237-6585