Os Hispani na Corte Carolíngia (séculos VIII-IX)

Autores

  • Everton Grein

DOI:

https://doi.org/10.24858/298

Resumo

As consequências da invasão islâmica de 711 a Hispania visigoda foram, por certo, profundas e duráveis. O mundo carolíngio foi o principal beneficiário de todos aqueles que fugindo do jugo sarraceno foram procurar abrigo para além dos Pirineus num espaço denominado de Marca Hispanica que, à época, não era verdadeiramente uma fronteira ou mesmo uma circunscrição administrativa ou militar restrita. O movimento de fuga consecutivo à conquista arabo-muçulmana não foi anterior ao último quarto do século VIII. Denominados pelas fontes da época carolíngia como Hispani, estes homens se instalaram em terras públicas sob a proteção dos soberanos carolíngios e foram amparados por uma legislação específica designada pelo ius aprisionis.

Biografia do Autor

Everton Grein

Professor Adjunto de Língua e Literatura Latina do Colegiado de Letras Português / Espanhol da Universidade Estadual do Paraná Campus de União da Vitória.

Downloads

Publicado

08/08/2018

Como Citar

Grein, E. (2018). Os Hispani na Corte Carolíngia (séculos VIII-IX). Revista Diálogos Mediterrânicos, (14), 263–279. https://doi.org/10.24858/298