As mulheres de Georges Duby

Autores

  • Ana Luiza Mendes

DOI:

https://doi.org/10.24858/355

Palavras-chave:

Mulheres, Idade Média, Georges Duby

Resumo

O presente artigo pode ser pensado a partir de dois aspectos: o primeiro versa sobre a reflexão acerca das mulheres na Idade Média, e o segundo sobre a produção historiográfica de Georges Duby sobre esse tema.  O próprio Duby alerta para os problemas desse objeto de estudo, uma vez que o que se sabe sobre as mulheres medievais perpassa pelo testemunho masculino que transmitem imagens corrompidas das mulheres, pois elas seriam as responsáveis pelo mal existente no mundo e, portanto, são pérfidas por natureza, segundo a concepção religiosa medieval. Dessa forma, muito mais do que estudar sobre as mulheres medievais, estuda-se os discursos sobre essas mulheres e, a partir da obra do medievalista francês, podemos relacioná-los com os silêncios que também podem ser considerados personagens históricos. Além disso, a obra de Duby permite refletir sobre o próprio ofício do historiador que, com sua escrita, pode tornar a História menos obscura, ainda que lide com fragmentos e escassos vestígios.

Referências

Ariés, Philppe; DUBY, Georges; LADURIE, Leroy; LE GOFF, Jacques.

História e nova História. Lisboa: Teorema, 1986.

BONNASSIE, Pierre. Introduction: À la mémoire de Georges Duby.

Annales du Midi : revue archéologique, historique et philologique de la France méridionale ,. Tomo 109, N.219-220, 1997. Disponível em:

www.persee.fr/doc/anami_0003-4398_1997_num_109_219_3796. Acesso em: 23/092019

BURKE, Peter. A escola dos Annales (1929-1989): a revolução da historiografia. São Paulo: UNESP, 1997.

CHAUNU, Pierre; DUBY, Georges; LE GOFF, Jacques; NORA, Pierre e outros. Ensaios de Ego-história. Rio de Janeiro: Edições 70, 1989.

COSTA, Milton Carlos. Compreender Georges Duby. Introdução à obra de um medievalista dos Annales. São Paulo: Alameda, 2015.

DOSSE, François. A História à prova do tempo. Da História em migalhas ao resgate do sentido. São Paulo: UNESP, 1999.

_____________. Morte de Georges Duby é o fim de modelo: entrevista. [5 de dezembro de 1996]. São Paulo: Folha de São Paulo Ilustrada.

Entrevista concedida a Luiz Antônio Ryff. Disponível em:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/1996/12/05/ilustrada/29.html.

Acesso em: 02/04/2017

DUBY, Georges. Idade média, idade dos homens: do amor e outros ensaios. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

Duby, Georges. Women of the twelfth centuryi: Eve and the Church.

Chicago: The University of Chicago Press, 1998.

DUBY, Georges. Damas do século XII: a lembrança das ancestrais.

São Paulo: Companhia das Letras1997.

DUBY, Georges. Heloísa, Isolda e outras damas do século XII.

São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

DUBY, Georges. A História continua. Rio de Janeiro: Jorge Zahar editor, 1993.

DUBY, Georges; PERROT, Michelle (dir.). História das mulheres no ocidente. Volume 2: A Idade Média. Porto: Afrontamento, 1990.

DUBY, Georges. O cavaleiro, a mulher e o padre. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1988.

DUBY, Georges. Guilherme Marechal, ou o melhor cavaleiro do mundo.

Rio de Janeiro: Edições Graal, 1987.

FLORI, Jean. Aliénor D”Aquitaine. La reine insoumise. Paris: Payot & Rivages, 2004.

LE GOFF, Jacques. Homens e mulheres da Idade Média. São Paulo: Estação Liberdade, 2013.

LE GOFF, Jacques. Georges Duby (1919-1996). Cahiers de civilisation médiévale, vol. 40, n. 158, abril-jun., 1997. Disponível em: http://www.persee.fr/doc/ccmed_0007-9731_1997_num_40_158_2686. Acesso em 02/04/2017.

ODÁLIA, Nilo. O saber e a História. Georges Duby e o pensamento historiográfico contemporâneo. São Paulo: Brasiliense, 1994.

RIBEIRO, Maria Eurydice de Barros.Georges Duby. O prazer da História. Signum. São Paulo, v. 4, 2002.

_________________________________________. A Arte de Fazer História. Georges Duby 1919-1996. Textos de História, BRASILIA, v. 9, 1997.

LÉVI-STRAUSS, Claude. Remise de l'épée à Georges Duby. Études rurales, n. 145-146, 1997. Disponível em: http://www.persee.fr/doc/rural_0014-2182_1997_num_145_1_3594. Acesso em: 02/04/2017.

Downloads

Publicado

19/03/2020

Como Citar

Mendes, A. L. (2020). As mulheres de Georges Duby. Revista Diálogos Mediterrânicos, (17), 26–45. https://doi.org/10.24858/355