A Biografia cavaleiresca sob a pena de Christine de Pizan: prosa e poesia

Autores

  • Carmem Lúcia Druciak

Resumo

Neste artigo colocamos algumas considerações sobre a escrita christiniana que se apresenta através de traços de biografia cavaleiresca em louvor da monarquia francesa. Para isso, estudamos um excerto da biografia régia de Charles V, Livre des faits et bonnes moeurs du sage roi Charles V (1404), em que Christine de Pizan insere a trajetória de Bertrand Du Guesclin, condestável das hostes francesas durante os dez últimos anos de reinado do monarca; e o poema épico sobre Joana d’Arc, Ditié de Jehanne d’Arc (1429), composto ainda quando a donzela de Orléans obtinha sucesso em seus empreendimentos, o que assegurou a coroação de Charles VII. Neste estudo, as leituras de Paul Ricoeur e Élisabeth Gaucher-Rémond nos ajudam a estabelecer elementos para a comparação entre os dois textos de Christine de Pizan a fim de distinguir neles características de uma identidade narrativa, bem elaborada e refletida, desenvolvida no espaço do texto, segundo o que a autora da Idade Média parece entender por “ser digno de memória e de escrita”.

Palavras-chave: Christine de Pizan; Biografia cavaleiresca; Identidade narrativa

Biografia do Autor

Carmem Lúcia Druciak

Doutora em História pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) em cotutela com a Université de Poitiers - Lettres, Pensée, Arts e Histoire (2018), mestre em Letras, com ênfase em Estudos Literários UFPR (2004) e licenciada em Letras Português-Francês UFPR (2001). Desde 2019, como professora de Língua e Literatura francesas e Estudos da Tradução do Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Downloads

Publicado

11/10/2021

Como Citar

Druciak, C. L. (2021). A Biografia cavaleiresca sob a pena de Christine de Pizan: prosa e poesia. Revista Diálogos Mediterrânicos, (20), 50–66. Recuperado de https://www.dialogosmediterranicos.com.br/index.php/RevistaDM/article/view/409