AVELAR, Alexandre de Sá; SCHMIDT, Benito Bisso (Org.). Grafia da Vida: Reflexões e Experiências com a escrita biográfica. São Paulo: Letra e Voz, 2012, 248p.

Autores

  • Natasha Santos Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.24858/85

Resumo

Alexandre Avelar e Benito Schmidt publicaram, em 2012, a obra Grafia da Vida: reflexões e experiências com a escrita biográfica. Discussão eclética e democrática, o livro se refere a uma coletânea de textos dividida em três blocos, que se apresentam, também, com funções distintas. O primeiro deles, composto por três textos, traz as Reflexões Teóricas acerca do gênero biográfico, pensando, sobretudo, a escrita biográfica em consonância com a histórica. O segundo bloco, Bastidores de Pesquisa, traz o relato dos pesquisadores quanto à produção de suas pesquisas biográficas, porém, não afastado de aspectos teóricos. Por fim, dando ênfase à empiria, o terceiro (e maior) bloco do livro, Experiências da Escrita Biográfica, reúne seis textos, dedicados a exemplos de abordagem biográfica, que trazem a aplicação da teoria apresentada no primeiro bloco – entre produção e análise de biografias.

Biografia do Autor

Natasha Santos, Universidade Federal do Paraná

Doutoranda em História, pela Universidade Federal do Paraná. Pesquisadora da linha temática futebol e literatura.

Downloads

Publicado

12/12/2013

Como Citar

Santos, N. (2013). AVELAR, Alexandre de Sá; SCHMIDT, Benito Bisso (Org.). Grafia da Vida: Reflexões e Experiências com a escrita biográfica. São Paulo: Letra e Voz, 2012, 248p. Revista Diálogos Mediterrânicos, (5), 201–206. https://doi.org/10.24858/85